top of page
Buscar

Wollying – Por que devemos debater sobre este assunto que ainda é tão pouco comentado, mas importante para as mulheres?



O termo, originário do idioma inglês, define atitudes ofensivas praticadas por e entre mulheres. A origem vem da junção dos termos “bullying” (práticas ofensivas) e “woman” (mulher). Assim como o bullying, o wollying ocorre quando mulheres, em qualquer local e de forma consciente ou não, julgam, ofendem, descredenciam outras mulheres de forma declarada, pública ou através de ações como fofoca, difamação, calúnias, entre outras.


De acordo com a empresária e especialista no assunto, Katia Teixeira, o wollying, assim como o bullying, é um ato de violência e de julgamento que ocorre todos os dias, às vezes de forma implícita e por isso, passa despercebido. A empresária ressalta o quanto isso pode ser prejudicial às mulheres, pois afeta de forma direta a nossa autoestima e por isso precisa ser mais comentado.  


Kátia evidencia em suas palestras a importância da sororidade entre as mulheres como forma de evitar o wollying, pois exige da mulher a mudança de comportamento que requer consciência, humildade e empatia com a próxima. Para colocar isso em prática, a empresária utiliza uma dinâmica entre as mulheres para refletirem sobre seus atos e repensarem a forma como agem umas com as outras:


“Sempre convido minhas amigas, parceiras de trabalho, mentorandas, enfim, todas as mulheres com as quais convivo, a refletirem sobre suas vivências cotidianas e pensarem se estão agindo como ‘irmãs’ ou de forma agressiva. Precisamos encontrar um equilíbrio, porque entendo que as relações sociais, seja em casa ou no trabalho, são influenciadas pela pressão diária e isto afeta a todas nós. Pensar antes de tirar conclusões apressadas já é uma boa forma de evitar o wollying.”


Quando nos colocamos no lugar da outra e entendemos o seu lado, conectamo-nos mais profundamente, e, só por meio da empatia e praticando a sororidade, evitamos que o wollying se perpetue. Para isso, nós, mulheres precisamos criar um hábito de refletir sobre nossos pensamentos e atitudes diárias entre nós, e entender que, precisamos uma das outras, sejam como amigas, colegas de trabalho, irmãs ou mães.


Quem é Kátia Teixeira?

A paulista Kátia Teixeira é, além de empresária, palestrante internacional, escritora, embaixadora Master do Clube de Mulheres de Negócios de Portugal; speaker TEDx e idealizadora do projeto sociocultural “Quais de mim você procura”, coletânea de livro.



Fonte:

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page